De acordo com o IBGE o Agro é o único setor da economia que apresentou o maior crescimento em meio a Pandemia.

Esse resultado positivo foi impulsionado pelo bom desempenho da safra, como, por exemplo, a da soja nesse primeiro trimestre do ano.

O que os dados dizem?

Os dados divulgados pelo IBGE deixam claro que houve um crescimento de 1,9% em comparação com o mesmo período no de 2019. Isso coloca o setor Agro como o único da atividade econômica nacional que cresce ao meio a Pandemia.

O IBGE apresentou algumas explicações para isso. Eles disseram:

“Este resultado pode ser explicado, principalmente, pelo desempenho de alguns produtos da lavoura com safra relevante no primeiro trimestre, como a soja, e pela produtividade, visível na estimativa de variação da quantidade produzida vis-à-vis a área plantada”.

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse:

“Temos tido sucesso com isso porque, além da grande safra que foi colhida neste verão, temos tido a logística absolutamente normalizada. Portanto, além do abastecimento dos 212 milhões de brasileiros, também temos conseguido cumprir a nossa missão de provedores de alimentos do mundo”.

Fatores que contribuíram com esse crescimento

Algumas ações do ano de 2019 colaboraram para que o Agro fosse o único setor da economia que apresentou o maior crescimento em meio a Pandemia. Podemos citar como exemplo os mais de 60 mercados abertos para os mais diversos produtos, como castanha-de-baru para a Coreia do Sul, melão para a China (primeira fruta brasileira para o país asiático), gergelim para a Índia, castanha-do-Brasil (conhecida também por castanha-do-Pará) para a Arábia Saudita e material genético.

Além disso, não podemos deixar de citar o valor recorde que as exportações do agronegócio atingiram em abril desse ano de 2020.

Ultrapassou pela primeira vez a barreira de US$ 10 bilhões no mês.

Citando a Soja e o Arroz, a Balança Comercial publicada em maio pelo Mapa informou que as vendas externas tiveram um crescimento de 17,5% pela média dos quatro primeiros meses do ano, comparando com igual período do ano anterior.

Além disso, especialistas afirmam que o crescimento do PIB agropecuário contribuiu com novos empregos formais no País.

Os dados estatísticos do Caged provam que houve um saldo de 10,032 contratações.

E quais são as expectativas?

E o que dizer das previsões futuras? Considerando tudo o que o país tem passado e em meio a tudo isso o setor Agro ainda estar de pé e avançando temos boas notícias.

O IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), com base nos dados do IBGE informou que o PIB do setor agropecuário deverá ter alta de 2,5%.

Dessa forma, a Tecnofiltros tem estado atenta em ajudar o setor agro nessa expansão. Recentemente fechamos uma parceria que fornecerá mais qualidade e economia para acompanhar esse crescimento.

Caso deseje saber mais sobre essa parceria acesse nosso artigo “Parceria entre Tecnofiltros e Kyumy”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *